Super Metroid (SNES)



Super Metroid é provavelmente um dos games mais fantásticos e queridos do Super Nintendo! E não é pra menos, o terceiro jogo da franquia Metroid foi o primeiro com 24 mega para o console, superando todos os outros jogos no quesito gráfico, música e jogabilidade. Sucesso absoluto!
Neste game, a temática ficção científica (no melhor estilo “Alien”) está retratada ainda mais real, assustadora e empolgante do que nunca. O clima da abertura do jogo é fantástico. Super Metroid  foi lançado para o Super Nintendo em 1994 e a história segue na sequência dos jogos anteriores: Metroid (NES - 1986) e Metroid II - Return of Samus (Game Boy - 1991).


Agora Samus Aran, a caçadora de recompensas mais barra pesada do universo retorna ao planeta Zebes (cenário do primeiro jogo da série) para caçar Ridley, o líder dos Piratas do Espaço, que roubou a última larva da espécie Metroid (exterminados na última aventura dela no planeta SR-388). O objetivo prinicpal do jogo é derrotar os Piratas e recuperar o Metroid. Assim como os jogos que o antecedem, em Super Metroid a heroína Samus busca aperfeiçoamentos para sua armadura que a ajuda a transpor obstáculos. Durante o trajeto encontramos vários apetrechos espalhados que servem para equipá-la.

Armaduras são sexys! Ou não...
Samus Aran é loira, bonita, gostosa e sexy. A típica heroína boazuda que qualquer marmanjo cairia de quatro babando. Mas nada disso é visível durante o jogo, uma vez que a belezoca aí usa uma armadura do tamanho do mundo. Inclusive, foi um choque para os fãs quando descobriram (ainda no final do primeiro jogo da série) que quem vestia a Power Suit (a armadura) era uma mulher.

Ilustração: Transfuse

Na verdade, uma das melhores cenas dela é quando "morremos", ela simplesmente perde a armadura e fica só com as roupas íntimas, assim como no final do jogo (desde que cumpra algumas metas). É, pelo menos assim ficamos menos tristes com a morte no jogo, rs.

armadura_off

"Estava louca pra tirar essa armadura apertada!" - Samus Aran

Os caminhos de Zebes 
Apesar de ser um game de plataforma, Super Metroid não é dividido por fases como a maioria dos jogos desse gênero. Toda a ação se passa no planeta Zebes, que por ser um mundo, permite que o jogador escolha os melhores caminhos a seguir, tendo a opção de ir e voltar quando quiser. As divisões são feitas por áreas separadas por portas, nas quais é necessário atirar para abrir. Porém, algumas áreas são inacessíveis e apenas encontrando novos itens durante o trajeto é que elas ficam disponíveis para Samus. Esses itens incluem tanto armamento, como mísseis, super mísseis ou simples upgrades de arma, quanto tanques de energia e outros apetrechos especiais, como um que permite que ela se transforme numa espécie de tatu bola, ou outro que a deixa furar o teto quando necessário. 


Um pirata sem tapa olho ou perna de pau
Ridley é o líder dos Piratas do Espaço, mas é bem diferente de um pirata tradicional, na verdade ele é um dragão. Mas assim como piratas tradicionais, esses piratas siderais são vilões saqueadores que se organizaram para assaltar naves que transitam no eixo comercial da galáxia. Na primeira aventura a vilã principal era Mother Brain (lembram dela no desenho "Capitan N - The Game Master"? Adorava assistir!) e Ridley era seu aliado. Na terceira aventura ele é o fodão do jogo, que rouba o Metroid logo no início.
Mother Brain no desenho Capitan N


"Seu grito não será ouvido no espaço"
É chegada a hora de analisar o jogo friamente. Vestiu sua armadura? Vambora! O clima de início do jogo traduz todo o terror de um trailer de ficção assustador, digno de Alien, como já citei acima. Os efeitos sonoros dão arrepio, enquanto os dizeres '"1994/Nintendo/Presents/Metroid 3" vão aparecendo, intercalando com detalhes do ambiente futurista, você sente realmente que está prestes a ser atacado por um alienígena grotesco.
Ao dar start, uma breve apresentação é iniciada. Samus Aran descreve num tipo de diário os eventos acontecidos até então. Enquanto ela conta, é reproduzido as imagens (retrabalhadas) dos jogos anteriores.



Então, ao término do relato, ela descobre que precisa retornar à estação Ceres que está sob ataque. É então que o jogo começa: você desce por plataformas e corre até chegar ao local onde está o último Metroid. Porém a estação está destruída e o alien metido a bateria ambulante não está onde deveria estar. Você prossegue mais um pouco e chega numa sala onde encontra ele... e Ridley. Após enfrentar o bichão ele foge quando você está com a energia baixa (ou porque ele está ferido) levando o Metroid. Depois disso, pernas pra que te quero. Deita o cabelo e sai da estação antes que ela exploda!

Pronto, agora sim o jogo começa pra valer. Você retorna ao planeta Zebes e começa a jornada. Os primeiros itens que achamos na aventura são o "Morphing Ball" que é aquele poder de se transformar num tatu bola e o Míssil, que permite que passemos por algumas portas intransponíveis anteriormente.

Com isso, Samus consegue entrar em locais novos e adquirir outros itens como a bomba, para quebrar blocos, mesmo rodando como um tatu. Até o fim do jogo, Samus vai equipando sua armadura com power ups e itens como: Míssil, Super Míssil, Power Bomb, Maru Ball, Speed Booster e outros. Com isso, a mocinha pode abrir portas de diferentes cores, matar inimigos mais fortes, correr mais, se metamorfosear, etc. Para tanto, é preciso descobrir passagens secretas. Existem também as salas de data com save room, map room e item room. Depois de avançar bem, nos deparamos com alguns chefões mal encarados e do tamanho de prédios, é... daí sim é encrenca grossa. No mais, o complicado mesmo é por que você tem que usar a cabeça pra não se perder num mapa gigante para ser explorado. 



Relatório final
Genial, fantástico, surpreendente. São apenas alguns dos adjetivos que esse jogo merece. O som é perfeito, os gráficos lindos, a jogabilidade é excelente e o desafio é inteligente. Enfim, não achei nada que desabone esse jogo. Em nenhum aspecto! Estou babando ovo até agora. Não é necessário dizer que atendeu a todas as minhas expectativas né? Se você ainda não jogou, 100 chibatadas pra você.










25 comentários:

  1. Perfeito!!! Mesmo pecado que o meu, eu ainda to procurando por tempo pra poder me dedicar ao jogo , mas enfim, boa análise, no mais, choverá Metroids nos retroblogs!

    ^^

    ResponderExcluir
  2. Valeu Nesbitt!!! Somos parceiros de pecado tb! haha :)

    ResponderExcluir
  3. Super Metroid também é um dos meus pecados, pois apesar de já tê-lo jogado algumas vezes, nunca cheguei a terminá-lo. Recentemente comecei a jogá-lo... vamos ver se desta vez consigo ir até o fim.

    ResponderExcluir
  4. Boa Breder! Eu já fiquei fã, parar é que vai ser difícil, haha

    ResponderExcluir
  5. Tô vendo que, mesmo sendo um grande pecador, a maioria por aqui ainda não se redimiu jogando "O Melhor Jogo de Todos os Tempos".

    E o Leo acabou de atestar o porquê esse jogo têm esse título. Uma das melhores coisas dele é toda a atmosfera de terror criada no joog, especialmente pela trilha sonora (que é totalmente soturna e diferente de tudo até aquele momento).

    Eu poderia comentar durante dias e dias sobre essa oitava maravilha do mundo (inclusive eu já fiz isso no meu blog), mas vou deixar que o pessoal descubra por si só...

    ResponderExcluir
  6. Eu preciso me redimir desse pecado o quanto antes. O foda é ter que aguentar essa Mapôa pelada toda vez que eu morrer.
    Ah! Não sou obrigada!

    ResponderExcluir
  7. @A.L.A.S.
    Adney Luis, desse pecado você não sofre, e olha que esse pecado é pesado! eu não tinha idéia do que estava perdendo. E concordo, é melhor deixar a galera descobrir por si só, rsrs

    @GLStoque
    Hahahha, talvez isso funcione ao contrário pra vc Gabriel, um estimulo para não morrer de jeito nenhum. Vai ficar mais fera no jogo.

    ResponderExcluir
  8. Boa Leo XD

    Excelente jogo, um dos melhores já feitos sem sombra de dúvida. Gosto demais desta série, é a minha preferido logo depois da série Legend of Zelda, e um projeto futuro que eu tenho é lançar no Retroplayers uma matéria especial analisando todos os jogos da franquia um a um! Para isso, só estou esperando aparecer um remake de Metroid II (game boy) assim como saiu de metroid 1 (Metroid Zero Mission)^^

    ResponderExcluir
  9. A propósito, curti muito o seu SELO DE ABSOLVIDO!!!

    Posso usá-lo em um post no RETROPLAYERS que eu estou escrevendo? XD

    ResponderExcluir
  10. É verdade Sabat, um dos melhores já feitos! E essa matéria especial vai ser fera, vou ficar aguardando ansiosamente com certeza!!!

    Ah, quanto ao selo, pode ficar a vontade, taí pra isso mesmo, use sim!!!

    Valeu!!!

    ResponderExcluir
  11. cara esse jogo marcou profundamente a minha vida... meus olhos chegam a encher de lagrimas quando lembro dele...rs e meu primo estavamos acoastumados com um nes (o dele) e um master (o meu) dai ele ganhou um snes com super metroid... nossa... "um jogo que só tem uma fase só!" hauwhuahuwhauw realmente pelo valor histórico que esse jogo tem ele é o melhor jogo de todos os tempos...rs ainda bem que vc se redimiu...rs

    ResponderExcluir
  12. Nem fale Maximus Cesar! Me redimi a tempo, pena não ter tido a experiencia que vc teve, de ver ao vivo e a cores quando ainda era lançamento e o SNES era a maior sensação do mundo...
    Abração!

    ResponderExcluir
  13. Eu sou outro pecador desse jogo... Mas antes de jogá-lo, pretendo jogar o remake no Metroid de NES para GBA e o Metroid II (sou meio chato, gosto de jogar as séries cronologicamente). Agora, me livre das chibatadas, hein!? Já levei muitas pedradas na minha confissão :P

    ResponderExcluir
  14. Fala Thiago!!! Cara, eu concordo com vc, o mais legal é jogar na ordem... mas agora que eu comecei errado vou até o fim errado, depois volto pros outros. Vai ser tipo Star Wars: começo da metade e volto pro início, rsrs
    Agora quanto as chibatadas, vc mesmo vai achar que merecia quando começar a jogar, hahaha
    Abraço!

    ResponderExcluir
  15. Cara, acho que pra vc ter pagado este pecado foi como ter tirado uns 100 kg das costas, pois este não é um simples pecado gamístico, é "o pecado".

    Beleza de post, este é sem duvida o melhor jogo que joguei no SNES.

    ResponderExcluir
  16. Cara, adoro esse jogo, Metroid é fantástico! Mas infelizmente nunca zerei essa belezinha, vou ver se consigo essa façanha um dia desses.

    Curiosidade: o Nintendo DS tem um jogo de pinball baseado no Metroid. É muito viciante, tive sérios problemas para largar aquele jogo. Já curto pinball, ainda mais com a Samus como bolinha no jogo, com direito a jogar bombas para não cair no buraco. Muito bom!

    ResponderExcluir
  17. Fala Adinan! Cara, deve ser bem viciante mesmo, acho que é mal da série, hahaha, se eu tiver oportunidade vou testar, tenho um amigo que tem DS... só preciso ver como arrumo o jogo, hehe
    Abração!

    ResponderExcluir
  18. @gamesportemania
    Cara, sem dúvida, foi "o pecado" fico feliz em ter me redimido!
    Valeu!
    Abração!

    ResponderExcluir
  19. nunca comento porem, tinha super metroid quando era bem mulequinho sempre jogava e não passa da primeira ou segunda parte acho, para um muleque esse jogo é um saco, quando estava no colegial revivi o snes e consegui terminar esse jogo formidavel, sempre comento dele no trabalho e o pessoal sempre fala que arregou, parabens voce definitivamente cumpriu uma das tarefas da vida.

    ResponderExcluir
  20. Que caramba! Tô por fora! Só tinha ouvido falar de Metroid, joguei e gostei, mas Super Metroid eu não conhecia.

    ResponderExcluir
  21. eu tmb acho a versão do snes a suprema
    muito boa tive o prazer de terminar o metroid quando tinha um snes ,ele tem uma pegada tipo o symphony of night em relação a cenário pena que os outros não foram tão legais quanto esse (pelo menos para mim)

    ResponderExcluir
  22. Interessante, voltar aqui depois de já ter terminado um jogo... Raramente conseguimos prometer uma coisa e cumprir... Arrasei!
    ...
    O resultado dessa minha redenção foi muito interessante... Super Metroid não é tão espetacular para mim.
    ...
    Jabazando: http://glstoque.blogspot.com/2010/09/redencao-gamistica-super-metroid-super.html

    Tá tudo aí.
    ...
    Te enviei um DM, confere lá e responde. Flow?

    ResponderExcluir
  23. Po cara fiquei sabendo q ia sai o filme mais só tem na net aqle trailer podre(da pra ve na cara q e montage)

    ResponderExcluir
  24. @Anônimo
    Acontece, cara. Esses trailers de montagem tem aos montes na net.
    Mas de acordo com uma entrevista com o Regis Fils-Aime que eu li ano passado, a Nintendo já recebeu várias propostas para filmes e recusou todas. E considerando o que fizeram com Super Mario Bros, a Nintendo está certíssima.

    ResponderExcluir
  25. bons tempos de super metroid...nunca zerei em menos de 4 horas...estou sem tempo...valeu!!!!
    helinux

    ResponderExcluir